quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

A lenda do anjo Nicolas



Parecia ser só mais uma reunião dos anjos com Deus em um dia qualquer de celebração e oração no céu. Tudo estava acontecendo como sempre acontecia: Deus e os anjos emanavam boas energias para os homens aqui na terra e celebravam aos homens de bom coração. Ao mesmo tempo, tentavam fazer os homens que estavam sofrendo aqui na terra, quer por falta de outros ou por falta própria, darem ao menos um sorriso sincero com o coração.
Deus, ao ver todo o sofrimento que uma de suas filhas aqui na terra já havia passado e o sofrimento que um de seus filhos estava por passar, convocou uma reunião extraordinária com seus anjos mais especiais, cuja função era ensinar aos anjos mais novos e protegerem os seres humanos. Deus então disse ao anjo mais especial que havia no céu:
- A única forma de salvarmos estas duas almas e propagarmos mais o amor na terra para mostrarmos ao homem que o amor é o maior e o melhor dos sentimentos, será se Eu te enviar à terra como filho deste casal. Você aceita?
- Senhor, como serei capaz de descer à terra e viver em meio a tanta iniquidade? O Senhor realmente crê que eu seja capaz de passar por este mundo e voltar aqui para viver Contigo e com meus irmãos? Não consigo imaginar que, uma vez na terra, eu consiga voltar para cá e continuar a ser um anjo, pois terei pecado.
- Filho, se Eu não soubesse que você seira capaz de vencer, nem ao menos teria feito este convite a você. Sei que você descerá à terra e terá uma das missões mais difíceis de todos. Porém, filho meu, quando voltar a morar comigo, você terá plantado um amor na terra que nem o homem irá acreditar. No começo de sua batalha, muitos não entenderão, mas, ao final, a transformação terá sido imensurável e muitas outras almas serão salvas.
- Pai, como chamarei outro homem de pai e sentir por ele o amor que sinto por Ti? Como olharei para uma mulher e a chamarei de mãe e sentir o amor que sinto por Ti?
- Filho, você nascerá no dia 26 de fevereiro de 1999. Se chamará Nicolas e será autista. Sua condição machucará a alguns no começo, mas acordará a todos. Nada nem ninguém será capaz de te fazer pecar, pois você será o anjo mais inocente que já passou pela terra. Pode ir filho, estarei aqui te esperando, pois sei que, um dia, você voltará para mim com sua missão cumprida e sua inocência intacta.
Anita Brito

Esta é a lenda que eu criei para o Nicolas para contar a ele porque ele nasceu autista. Honestamente, já nem creio mais que seja uma lenda e, sim, a verdade…