domingo, 12 de agosto de 2012

12/08/2012 - Dia dos pais

Hoje fizemos um café da manhã especial para nosso papai especial. Foram panquecas, ovos, bacon suco de laranja, calda de blueberry a maple syrup. Do jeitinho que ele gosta. Acordamos cedo e preparamos uma mesa bem bonita para ele. Tomamos café juntos, sorrimos, demos muita risada, nos divertimos...

Alexsander, deveria existir um dia para os pais especiais. Você, como mais alguns poucos pais, permaneceu na luta, e ainda permanece, para fazer nosso mundo azul mais feliz. Sem você ao nosso lado, talvez até tivéssemos conseguido, pois muitas mães conseguem, mas com certeza não teria sido uma viagem tão gostosa quanto essa tem sido. Ter você ao nosso lado é simplesmente MARAVILHOSO!

Ao saber que o Nicolas era autista, o Alexsander jamais desistiu ou mencionou ir embora. Ele deixou de trabalhar por um tempo para se dedicar a nosso filho (como conto no livro). Ao conversarmos sobre adotar o Guilherme, o Alexsander nem titubeou. Ele simplesmente abraçou nosso sobrinho como filho. Hoje em dia, o Gui me chama de mãe e o Alexsander de pai. Na verdade, o Alexsander nem tem idade para ser pai do Gui, pois só são 17 anos de diferença, mas o Gui tem um amor por ele tão grande... Eles são tão amigos, tão unidos. E o Gui respeita o Alexsander como pai mesmo. Ele diz sempre: "Mas ele É o meu pai!" rsrsrsrsr

E como se parecem! É incrível o quanto têm os mesmos defeitos e as mesmas qualidades, salvo diferenças pertinentes da idade.

Com o Nicolas, o Alexsander é o pai que o Nicolas pediu a Deus: respeita suas diferenças, brinca a valer com o Nicolas, conversam sobre o que interessa ao Nicolas.

É... tinha que ser assim. Estou feliz por ter esperado até encontrar a pessoa certa. Agradeço a Deus pelo exemplo de pai de homem que tem sido. Eu sempre digo que todos vamos morrer, mas o diferencial é a marca que iremos deixar e como seremos lembrados. Espero que você continue sendo fonte de inspiração para outros homens.

Feliz dia dos Pais Especias, meu amor. Você é mais que especial!

Te amamos muito.