sexta-feira, 1 de abril de 2011

CAPÍTULO 13

Nossas tentativas em buscar algum tratamento ou diagnóstico para o Nicolas ficavam cada vez mais doídas.
A segunda psicóloga nos disse que o Nicolas era uma criança normal, que seu único problema é que ele era muito mimado e que nós estávamos estragando ele com tantos mimos. Deve ser horrível mesmo para uma criança ter atenção dos pais! Quase enfartei aquele dia de tanta raiva porque eu sou uma mãe e uma professora afetuosa e rígida ao mesmo tempo. Sempre trabalhei a independência de meus alunos, irmãos mais novos e dos meus filhos. Perfeita? Graças a Deus não! Mas burra...
*Leia mais no livro "Meu filho ERA autista" - informações: meufilhoeraautista@yahoo.com.br