sexta-feira, 18 de março de 2011

CAPÍTULO 10

Quando o Nicolas completou 01 ano, eu e meu marido abrimos um escritório para prestar serviços de tradução e aulas de Inglês para executivos e em residências. Foi um pouco complicado, pois, no dia em que abrimos as portas, minha irmãzinha de 25 anos, a Angela, morreu... Foi muito duro, pois todo o dinheiro que tínhamos para  aguentar o primeiro ano nos negócios, foi usado no velório dela. E para aguentar a barra financeira, como se já não bastasse ter que aguentar a falta da minha irmã, cancelamos alguns serviços e o pior, tivemos que cancelar nosso plano de saúde.
Após 03 meses da morte da minha irmã, o Nicolas teve sua primeira internação e, é claro, estávamos sem plano de saúde. Ele teve uma crise de bronquite tão forte, que eu cheguei a pensar o pior. Acho que é porque minha irmã tinha acabado de partir de pneumonia. Ele ficou internado por 03 dias e, depois de 04 meses, ele ficou internado por causa da bronquite de novo!
Depois desta época começaram as amidalites e otites e perduraram por muito tempo. O Nicolas acabou se transformando em uma criança doente.
(...)
Eu corri para olhar e quase tive um ataque. Estava horrível. Nem sabia o que pensar e o desespero foi tão grande que eu pensei até em estupro na hora, não por parte do meu marido, mas porque nós moramos na mesma casa em que trabalhamos e muitos alunos, professores e funcionários vinham o dia inteiro. Olhei direto no ânus dele e, graças a Deus, estava tudo bem. Pena que era só por fora porque, por dentro, ele estava morrendo...
*Leia mais no livro "Meu filho ERA autista" - informações: meufilhoeraautista@yahoo.com.br